segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Todos juntos podemos ler, na BE, porque ler faz a diferença, fabulando de Évora à Guiné...

          Todos os nomes cabem neste projeto lançado pela RBE.


        «A Rede de Bibliotecas Escolares, Plano Nacional de Leitura e a Direção de Serviços da Educação Especial e Apoios Sócioeducativos conceberam um projeto conjunto denominado Todos Juntos Podemos Ler, que tem como principal objetivo a criação de bibliotecas inclusivas, capazes de proporcionar oportunidades de leitura para todos os alunos.
Perante a crescente inclusão de alunos com necessidades educativas especiais nas escolas do ensino regular, as bibliotecas escolares veem-se, hoje, confrontadas com a imprescindibilidade de responder a uma população escolar com competências diversas e que requer, em muitas situações, meios tecnológicos diferenciados de acesso à leitura.
Criar bibliotecas escolares inclusivas, que assegurem reais oportunidades de leitura para todos os alunos, é talvez um dos maiores desafios colocados às bibliotecas, que se devem assumir como espaço de excelência para o desenvolvimento da literacia e como garante da igualdade de oportunidades quer em contexto sóciocultural, quer em situação de aprendizagem.»
http://www.rbe.min-edu.pt/np4/todos_juntos_podemos_ler.html

        Numa parceria com EMRC, este ano letivo, o projeto a que a BE aderiu quer levar a leitura partilhada até à Guiné-Bissau, uma escola em Quelelé, Lassama Cassamá apoiada por uma ONG, Afectos com Letras. 
            Pretendemos construir histórias de animais, baseadas nas fábulas de Esopo, em que, havendo uma lição de moral esta seja construtiva e nunca castigadora. Vamos subverter histórias, reescrevê-las com sentido de humor mas também com muita responsabilidade. Os animais escolhidos serão  aqueles que os meninos da Guiné tão bem conhecem e os que os nossos vão passar a conhecer. 
            Estas pequenas histórias serão ilustradas em E.V. e no final, juntamos as histórias de cá e as de lá e produziremos um ebook, Bichos, bichezas e bicharocos.
             Aqui, em Évora, o nosso trabalho já esta a andar e para garantir que não faltarão livros aos meninos da Guiné, fizemos uma «vaquinha» e comprámos sete exemplares das Fábulas de Esopo, editadas pela Porto Editora.

Sem comentários:

Enviar um comentário