segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

MARIA JOÃO LOPO DE CARVALHO 'Padeira de Aljubarrota' Uma proposta de leitura

Muitas histórias correram sobre a humilde mulher
 que, em 1385, numa aldeia perto de Alcobaça, pôs a 
sua extrema força e valentia ao serviço da causa 
nacional, ajudando assim a assegurar a independência
 do reino, então seriamente ameaçada por Castela. É 
nos seus lendários feitos e peripécias, contados e 
acrescentados ao longo dos tempos, que se baseia este 
romance, onde as intrigas da corte e os tímidos passos 
da rainha- infanta D. Beatriz de Portugal se cruzam 
com os caminhos da prodigiosa padeira de 
Aljubarrota, Brites de Almeida, símbolo máximo da 
resiliência e bravura de todo um povo.

Sem comentários:

Enviar um comentário